Archive for December, 2010

Natal

December 5, 2010

É tão grande a alegria em tê-los, meus amigos
Que triste que não estamos no mesmo local
Pois cada qual lembre com seus entes queridos
Por quem é que comemoramos o natal?

Recordem-se também daquilo que aprendemos
Do que nos ensinou quem nasceu no natal
Lições das grandes virtudes que recebemos
A esperança, a fé, e o amor incondicional

Por muito tempo foram segredos da vida
Que vindos do natal, foram-nos revelados
Fariam de todos uma nação unida
Nem que somente no natal fossem lembrados

Tenham sempre consigo a virtude do amor
De longe, a mais plena realização humana
Muito bem faz quem amar aquele que te ama
Faz ainda melhor amar a quem te traz dor

Quanto à fé, rezo para que todos a tenham
Percebam, no mundo, o que supera a razão
E que sinta, cada qual, em seu coração
A grande certeza da divina união

Finalmente, tratemos do que é nosso alívio
Quando não temos, no mais, ao que se agarrar
Do desespero nos livramos por um fio
Com a esperança que tudo vai melhorar

Digo-lhes isso, amigos, com boa intenção
Creio assim ser o que mais vale no final
Ainda desejo a todos, de coração
Que tenham um muitíssimo feliz natal

Foi escrita em 2009, na madrugada de 24 para 25 de dezembro, em resposta a um e-mail de feliz natal de alguns amigos. E antes que algum infeliz venha lembrar, eu sei que a data é uma convenção…

Advertisements